Níveis dos reservatórios da Bacia do Paranapanema aumentam

As chuvas e as diretrizes de operação resultaram em melhora da situação dos reservatórios

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) confirmaram, durante a 6ª Reunião da Sala de Situação de 2020, a previsão feita para os últimos 15 dias na região da Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema – grande volume de chuva. Associadas às diretrizes adotadas para operação dos reservatórios localizados na Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema, as chuvas favoreceram o aumento do nível dos reservatórios.

De acordo com o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), os reservatórios apresentaram os seguintes percentuais referentes ao volume de água: Jurumirim 41%; Chavantes 22%; Capivara 45%; e Mauá 15%. O total de armazenamento dos reservatórios está em 37% de sua capacidade.

Contudo, segundo o Cemaden, a perspectiva para os próximos 15 dias, é voltar a chover abaixo da média, levando o mês de fevereiro apresentar resultado tímido em relação às precipitações.

As diretrizes de operação dos reservatórios não foram alteradas e permanecem da seguinte forma, até 28 de março de 2020:

  • UHE Jurumirim: Defluências de 100 m³/s 
  • UHE Chavantes: Defluências de 105 m³/s
  • UHE Mauá: Defluências livres
  • UHE Capivara: Defluências de 780m³/s em dias úteis e 450m³/s aos fins de semana*

*Sujeita a alterações de acordo com o Sistema Interligado Nacional

Utilizando um cenário com a média de chuvas registradas nos últimos 14 anos, a previsão é que se chegue ao fim de abril com os seguintes níveis: Jurumirim 51%; Chavantes 52%; e Capivara 24%.

A próxima reunião da Sala de Situação será realizada de 28 de fevereiro, às 10h, por videoconferência.

Sala de Situação

Para compartilhar informações e tomadas de decisões, a Agência Nacional de Águas instituiu a Sala de Situação do Paranapanema, composta pelos seguintes integrantes, além da própria ANA: Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), CTG Brasil, Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), Votorantim Energia, Departamento de Água e Energia Elétrica pelo Estado de São Paulo, Instituto Aguasparaná, pelo Estado do Paraná, Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Paranapanema e os seis Comitês Afluentes, instituídos nos Estados de São Paulo e Paraná.

Também é possível acompanhar por meio do CBH Paranapanema:

  • paranapanema.org
  • facebook.com/cbhparanapanema
  • instagran.com/cbhparanapanema
  • yuotube.com/cbhparanapanema
  • issuu.com/cbhparananemacomunicacao