Oficina em Piraju encerra mais uma etapa do PIRH Paranapanema

Oficina de Piraju - Apresentação

Com o objetivo de coletar contribuições para subsidiar o planejamento das ações que comporão o Plano Integrado de Recursos Hídricos (PIRH) Paranapanema, foram realizadas seis oficinas participativas, cada uma representando um comitê afluente do Paranapanema. A última delas aconteceu na sexta-feira 29 de abril, no Centro de Convenções Dr. Richardson, centro de Piraju (SP).

No evento do interior paulista participaram 32 pessoas, entre representantes da sociedade civil, do poder público e dos usuários de recursos hídricos. Entidades como Aerp, Aspipp, Sindicato Rural de Piraju, Sindicato dos Engenheiros do Estado de São Paulo, Sindicato Rural de Paranapanema (Sindipar) e SAE Ourinhos marcaram presença na oficina, assim como as ONGs Associação Pirajuense dos Observadores de Aves e Organização Ambiental Teyque-Pe. A Prefeitura de Piraju e a Cetesb também enviaram representantes ao encontro.

Para Cássio Oliveira Leme, presidente do Sindipar, que representa os produtores agropecuários da região de Campos de Holambra e Paranapanema, a gestão participativa da água fortalece a agricultura. “Todas as ações em prol de gerir corretamente o uso da água são benéficas para todos os usuários e contribui para reforçar a atividade agrícola”, disse.

Já o presidente da Organização Ambiental Teyque-Pe, João Kleber Oliveira Dealis, enfatizou a importância da preservação da bacia do Paranapanema, visto a riqueza ambiental existente, e destacou que é possível movimentar a economia sem agredir o meio ambiente. “O turismo é uma atividade econômica a ser fomentada na região, sendo que o desenvolvimento está associado ao planejamento dos recursos hídricos”, afirmou.

David Franco Ayub, secretário executivo do CBH-Alto Paranapanema, destacou a grande participação da sociedade civil na gestão da água da bacia e sua contribuição no planejamento regional, que pôde ser conferido nas oficinas. “A organização dos trabalhos e a qualidade do conteúdo apresentado nas oficinas, bem como o interesse da sociedade em participar, demonstra que os estudos do PIRH Paranapanema estão no caminho certo”, concluiu.

A Oficina realizada em Piraju fechou um ciclo de seis oficinas com o intuito de priorizar ações e contribuir para o plano de ações do comitê. As contribuições dos participantes serão tabuladas e apresentadas as prioridades apontadas nesta etapa do PIRH Paranapanema.